Iniciar sessão

Navegar para Cima
A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
Última hora:
  • Atividade sísmica a W do Faial encontra-se ligeiramente acima dos valores considerados normais



Mundo ► Fenómenos Naturais

Destruição deixada pelo tornado de Oklahoma (Foto: Rick Wilking/Reuters)
24-05-2013 10:00
EUA
Forte tornado atingiu o estado de Oklahoma (EUA)

O estado de Oklahoma foi atingido, na passada segunda-feira (dia 20), por um tornado classificado como EF-5, nível de maior destruição na escala que classifica a intensidade da destruição destes fenómenos. O tornado deixou 24 mortos, cerca de 240 feridos e destruiu cerca de 2.400 casas.
 
O fenómeno, com mais de 3 km de diâmetro e com ventos que ultrapassaram os 320 km/h, atravessou a cidade de Moore, um subúrbio de Oklahoma City, destruindo infra-estruturas e espalhando o pânico e o caos.

As autoridades do estado de Oklahoma já votaram a alocação de uma verba de 45 milhões de dólares (cerca de 34 milhões de euros) para a ajuda às vítimas do tornado. A avaliação dos danos provocados pelo fenómeno natural poderá ascender a 2 mil milhões de dólares (mais de 1,5 mil milhões de euros), o dobro dos prejuízos provocados por outro violento tornado registado em 1999, indicou, em declarações ao canal de informação norte-americano CNN, John Doak, regulador estadual do sector segurador.

O tornado de segunda-feira à tarde foi o número 150 naquela área metropolitana, segundo uma lista da NOAA (National Oceanic and Atmospheric Administration) com eventos desde 1893. Nos tornados anteriores, somados, morreram no total 153 pessoas.
 
Oklahoma City detém o recorde do tornado com a maior rajada de vento. Foi em 1999, numa tempestade que também varreu a localidade de Moore, a mais afectada na passada segunda-feira. Naquele episódio, os ventos chegaram a 486 km/h – “os mais fortes jamais encontrados à superfície da Terra”, segundo uma lista de perguntas frequentes do Centro de Previsão de Tempestades da NOAA.


Fontes


Público
Açoriano Oriental
Globo News

Informação Relacionada


Imagens Adicionais


Anexos



Notícias Relacionadas


Error in WebPart: A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.Click here to edit the properties of this web part.
Error in WebPart: A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.Click here to edit the properties of this web part.