Iniciar sessão

Navegar para Cima
A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
Não é possível visualizar esta Peça Web. Para resolver o problema, abra esta página Web num editor de HTML compatível com o Microsoft SharePoint Foundation como, por exemplo, o Microsoft SharePoint Designer. Se o problema persistir, contacte o administrador do servidor Web.


ID de Correlação:6ddbbcf0-c4ab-4a5e-801c-9937d064edaf


Mundo ► Ciência

(Foto: Birger Schmitz in PHYS ORG)
17-06-2016 11:30
Suécia
Meteorito extinto descoberto numa pedreira sueca remonta 470 milhões de anos

​Um fragmento de meteorito foi descoberto numa pedreira de calcário na Suécia, que por muito tempo terá estado submersa, onde acredita-se ter permanecido durante 470 milhões de anos.

A descoberta anunciada na revista Nature Communications por Birger Schmitz e a sua equipa da Universidade de Lund na Suécia, sugere que a rocha poderá lançar nova luz sobre a história e o processo de formação do sistema solar. 

O meteorito fóssil chamado Österplana 065, mede 8 centímetros de diâmetro e segundo os especialistas, pode representar os restos de um meteorito maior, com um diâmetro de 20 a 30 quilómetros, que terá colidido com outro corpo de dimensões semelhantes e aterrado no planeta Terra. A equipa defende que o meteorito foi destruído em grande parte pela colisão, razão pela qual este tipo não foi encontrado na Terra antes. 

O fragmento difere na composição de qualquer outro meteorito já encontrado na Terra até aos dias de hoje, com uma composição única de isótopos de Cromo e Oxigénio. A idade do meteorito fóssil foi determinada através da medição da sua exposição de raios cósmicos.

Embora a origem da maioria dos meteoritos seja ainda desconhecida, os astrónomos acreditam que grande parte deles tenha chegado à Terra durante o evento de meteoros Ordovician, uma chuva de meteoritos que ocorreu à aproximadamente 470 milhões de anos, sendo esse fragmento suspeito de pertencer a este evento.

Embora não descartem por completo a hipótese de que um meteorito semelhante ao Österplana 065 possa eventualmente ser encontrado entre os meteoritos que caem na Terra nos dias de hoje, há certezas de que o tipo não representa 1% dos recentes 52 600 meteoritos classificados. 


Fontes


PHYS ORG
International Business Times
MSN Notícias

Informação Relacionada


Imagens Adicionais


Anexos



Notícias Relacionadas


Error in WebPart: A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.Click here to edit the properties of this web part.
Não é possível visualizar esta Peça Web. Para resolver o problema, abra esta página Web num editor de HTML compatível com o Microsoft SharePoint Foundation como, por exemplo, o Microsoft SharePoint Designer. Se o problema persistir, contacte o administrador do servidor Web.


ID de Correlação:6ddbbcf0-c4ab-4a5e-801c-9937d064edaf
Error in WebPart: A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.Click here to edit the properties of this web part.