Iniciar sessão

Navegar para Cima
A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
Última hora:



Açores ► Ciência

Interior dos laboratórios do sincrotrão britânico (Foto: Vittorio Zanon)
28-07-2016 08:30
Reino Unido
Magmas dos Açores e da Crista Média Atlântica investigados com luz de sincrotrão

​O elemento químico ferro (Fe) é um dos elementos mais abundantes do Universo, e apresenta um estado de oxidação variável, ocorrendo tanto como Fe2+ e Fe3+ em minerais e magmas. A razão Fe3+/∑Fe de amostras geológicas pode ser usada como um indicador das condições de oxidação em que um mineral ou um magma se formou. O estado de oxidação pode ser utilizado para obter informações detalhadas sobre a origem de um magma, e também afeta as suas características físicas e químicas, tais como a estrutura molecular do magma, a viscosidade, o conteúdo em gases e a temperatura de cristalização de minerais.
 
Com o objetivo de obter informações detalhadas deste elemento, o investigador Vittorio Zanon, colaborador do CVARG mediu, pela primeira vez, os valores da razão Fe3+/∑Fe nos magmas dos Açores, através da técnica micro-analítica XANES, com a radiação eletromagnética do sincrotrão Diamond Light Source, Harwell Science and Innovation Campus, Oxfordshire, localizado no Reino Unido.
 
O sincrotrão corresponde a um acelerador cíclico de partículas em que as partículas, aceleradas no interior do anel emitem radiação eletromagnética, com o comprimento de onda dos raios-X. A radiação, capturada através de janelas especiais no sincrotrão, é dirigida para vários sistemas analíticos dispostos à volta do anel do acelerador de partículas.
 
As análises foram efetuadas entre os dias 6 e 10 de julho, e os resultados obtidos deverão permitir esclarecer não só algumas das questões relacionadas com a origem dos magmas do arquipélago, como também efetuar a comparação com magmas semelhantes da Crista Média Atlântica. As análises foram finaciadas por fundos nacionais britânicos de um projeto do qual o investigador é co-diretor científico.
 


Fontes


CVARG/CIVISA

Informação Relacionada


Imagens Adicionais


Anexos



Notícias Relacionadas


Error in WebPart: A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.Click here to edit the properties of this web part.
Error in WebPart: A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.Click here to edit the properties of this web part.