Iniciar sessão

Navegar para Cima
A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
Não é possível visualizar esta Peça Web. Para resolver o problema, abra esta página Web num editor de HTML compatível com o Microsoft SharePoint Foundation como, por exemplo, o Microsoft SharePoint Designer. Se o problema persistir, contacte o administrador do servidor Web.


ID de Correlação:572b3f12-a546-4da3-9b86-9d5b90d9d254


Mundo ► Ciência

Mapa exemplificando os vários locais enriquecidos em água (indicados pelas setas) (Imagem: in Milliken e Li, Nature Geoscience 2017, doi: 10.1038/NGEO2993)
27-07-2017 12:10
 
Água detetada em depósitos piroclásticos lunares

Um novo estudo sugere que existem grandes depósitos de água para beber na Lua. Com efeito, investigadores detetaram sinais de que o "interior da lua está molhado".
 
A água já tinha sido detetada em pequenas quantidades em material amostrado por astronautas que participaram nas missões espaciais Apollo. No entanto, sempre se pensou ser improvável que a Lua contivesse muita água devido à forma como foi formada. Pensa-se que o satélite natural da Terra foi criado a partir dos detritos deixados por uma colisão cataclísmica entre a Terra anterior e um objeto do tamanho de Marte. O calor criado por este impacto deve ter provocado as quantidades de hidrogénio necessárias para criar H2O.
 
Mas, no novo estudo, publicado na revista científica Nature Geoscience, os equipamentos científicos detetaram sinais reveladores da presença de água na maioria das amostras de material produzido por erupções vulcânicas na Lua. Um dos investigadores, o professor Ralph Milliken, da Brown University, adiantou que o facto de quase todas as amostras exibirem assinaturas de água sugere que o interior da Lua esteja molhado. E esses depósitos ricos em água estão espalhados pela superfície, o que pode indicar que o mesmo pode ser verdade para o manto lunar.
 
O Dr. Shuai Li, da Universidade do Havai, sugeriu que a água poderia ter sobrevivido à surpreendente colisão ou poderia ter sido fornecida à Lua por impactos de asteróides e cometas. A origem exata da água no interior lunar continua ainda uma grande questão. O investigador adianta, no entanto, que qualquer que seja sua fonte, poderia tornar a criação de uma base lunar consideravelmente mais fácil. Outros estudos sugeriram a presença de água gelada em regiões sombrias nos polos lunares, mas os depósitos piroclásticos encontrados estão em locais que podem ser mais fáceis de aceder, constituindo uma alternativa a futuros exploradores lunares de ter que trazer muita água de casa, a Terra.


Fontes


Independent
Nature Geoscience

Informação Relacionada


Imagens Adicionais


Anexos



Notícias Relacionadas


Error in WebPart: A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.Click here to edit the properties of this web part.
Não é possível visualizar esta Peça Web. Para resolver o problema, abra esta página Web num editor de HTML compatível com o Microsoft SharePoint Foundation como, por exemplo, o Microsoft SharePoint Designer. Se o problema persistir, contacte o administrador do servidor Web.


ID de Correlação:572b3f12-a546-4da3-9b86-9d5b90d9d254
Error in WebPart: A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.Click here to edit the properties of this web part.