Iniciar sessão

Navegar para Cima
A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
Última hora:
  • Atividade sísmica a W do Faial encontra-se ligeiramente acima dos valores considerados normais



Açores ► Fenómenos Naturais

 
09-07-2018 10:30
Faial
Sismo de 9 de julho de 1998: 20 anos depois

​Hoje, dia 9 de julho, faz 20 anos que ocorreu o sismo destruidor mais recente da história dos Açores.

 

Na madrugada daquele dia, às 05:19 um violento sismo de magnitude 5,8 na escala de Richter, com epicentro localizado a cerca de 16 km a NNE da cidade da Horta, atingia as ilhas do Faial, Pico e S. Jorge, dando origem a uma vasta destruição, provocando 9 mortes, mais de uma centena de feridos e alguns milhares de desalojados.

 

A ilha do Faial foi a mais afetada, com cerca de 1500 casas parcial ou totalmente destruídas, danos materiais significativos ao nível de infraestruturas básicas como a rede viária, o sistema de abastecimento de água, a rede de distribuição de energia e de comunicações. Na sequência deste evento ocorreram, ainda, importantes movimentos de vertente nas arribas litorais, nas escarpas e em zonas de declives mais pronunciados.

 

O CVARG, atual IVAR, participou ativamente nas ações de emergência, de reabilitação e reconstrução desde as primeiras horas do dia 9 de julho, acompanhando a atividade sísmica e avaliando os perigos geológicos associados, fornecendo as informações necessárias às ações do SRPCBA, dos municípios afetados e do Centro de Promoção de Reconstrução (CPR), e respondendo às mais diversas solicitações decorrentes da ansiedade das populações afetadas.

 

O forte impacto que o terramoto teve na geomorfologia da ilha levou a que as intervenções ao nível quer da reabilitação e recuperação das habitações danificadas, quer da reconstrução e da construção, tivessem em conta uma avaliação dos riscos geológicos. Assim, foi possível introduzir, pela primeira vez, no âmbito do planeamento e do ordenamento do território outras medidas mitigadoras de risco para além das decorrentes da aplicação das normas de construção antissísmica.



Fontes


IVAR/CIVISA

Informação Relacionada


Imagens Adicionais


Anexos



Notícias Relacionadas


Error in WebPart: A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.Click here to edit the properties of this web part.
Error in WebPart: A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.Click here to edit the properties of this web part.