Iniciar sessão

Navegar para Cima
A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
Última hora:



Açores ► Fenómenos Naturais

Foto: António Araújo/Lusa
26-02-2019 16:00
Açores
Mau tempo nos Açores provoca mais de 100 ocorrências

A passagem da depressão Kyllian pelos Açores, no passado fim de semana, provocou cerca de uma centena de ocorrências em quase todas as ilhas.
 
Em declarações prestadas à agência Lusa, o vice-presidente do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA), Osório Silva, informou que se registaram 97 ocorrências, sendo que 58 foram na ilha Terceira. No grupo oriental registaram-se 14 ocorrências, sobretudo quedas de árvores e de postes, e a inundação de uma habitação. Nas ilhas do grupo ocidental, que estavam sob aviso vermelho, devido às previsões de vento forte, com rajadas que poderiam chegar aos 140 km/h, e de agitação marítima, com ondas que poderiam atingir os 20 metros, apenas se registou a queda de uma árvore.
 
Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), a rajada de vento máxima foi registada em Santa Cruz das Flores e na Horta, com 117 km/h. Relativamente à precipitação, foi em Angra do Heroísmo, na ilha Terceira, que choveu mais, com um registo de 32 litros por metro quadrado em apenas uma hora, entre as 10h e as 11h (hora local).
 
Na ilha Terceira, foi necessário realojar temporariamente seis famílias, quatro em Angra do Heroísmo e duas na Praia da Vitória.
 
Algumas estradas dos Açores chegaram a estar fechadas ao trânsito, devido a movimentos de vertente, inundações e transbordos de ribeiras. Também algumas estradas junto ao mar nas ilhas do Pico, Faial, São Jorge e São Miguel tiveram de ser encerradas devido à forte ondulação.
 
Vários portos nos Açores estiveram encerrados e o vento forte provocou cancelamentos e atrasos nas ligações aéreas. No total, foram afetados cerca de 360 passageiros.
 
Após a passagem da depressão Kyllian, os Açores voltaram a ser afetados por precipitação forte na tarde de domingo, e que provocou cerca de 30 ocorrências, entre as quais inundações em moradias, obstrução de estradas, movimentos de vertente e queda de árvores, principalmente nas ilhas do grupo Central. Segundo o vice-presidente do SRPCBA, estas últimas ocorrências resultaram, em grande parte, do facto dos solos estarem saturados, devido às chuvas fortes dos últimos dias, provocadas pela passagem pelo arquipélago da depressão Kyllian.


Fontes


Público
Açoriano Oriental

Informação Relacionada


Imagens Adicionais


Anexos



Notícias Relacionadas


Error in WebPart: A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.Click here to edit the properties of this web part.
Error in WebPart: A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.Click here to edit the properties of this web part.