Iniciar sessão

Navegar para Cima
A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
Última hora:



Açores ► Fenómenos Naturais

Foto: in Facebook @Luís Riscado
02-10-2019 11:15
 
Furacão Lorenzo perde força e afasta-se dos Açores

De acordo com o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA), e na sequência da passagem do furação Lorenzo no arquipélago, na madrugada do dia de hoje, 2 de outubro, foram registadas cerca de 93 ocorrências. Já foram encerradas cerca de 61 estradas nas várias ilhas do arquipélago.

Trinta das ocorrências foram registadas na ilha do Faial, 16 na ilha das Flores, 13 na ilha do Pico, 12 na ilha de São Jorge, 4 na ilha Terceira, 3 na ilha da Graciosa e apenas 2 na ilha do Corvo, e estão maioritariamente relacionadas com obstruções de vias, danos em habitações, queda de árvores, inundações e galgamentos costeiros. Ainda segundo o SRPCBA, o mar poderá ter levado um troço do molhe, um edifício de apoio bem como alguns contentores do Porto das Lajes das Flores

Até ao momento 39 pessoas foram realojadas, maioritariamente na ilha do Faial, uma das mais afetadas, sem que tivessem sido registadas vítimas. O realojamento de 19 destas pessoas deu-se na cidade da Horta, devido ao galgamento do mar na zona da Avenida 25 de Abril. Na ilha do Pico foram também realojadas, por precaução, cerca de 100 pessoas na zona costeira do concelho das Lajes do Pico.

O furacão Lorenzo baixou já para categoria 1, na escala de Saffir-Simpson, e afasta-se dos Açores em direção a nordeste. A rajada máxima foi registada na ilha do Faial 145 km/h, seguindo-se 130 km/h na ilha das Flores e 126 km/h na ilha do Corvo. Segundo Carlos Ramalho, delegado local do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), a maior proximidade do centro do furacão à ilha das Flores registou-se pelas 06:00 horas locais, a aproximadamente 100 km a oeste da ilha.

De acordo com o Presidente do SRPCBA, Carlos Neves, apesar de já se estar a registar alguma acalmia em relação ao vento, a tempestade ainda se encontra muito próxima do grupo Ocidental, pelo que a agitação marítima continua a ser uma das preocupações. Acrescenta ainda que no grupo Central, os efeitos poderão continuar a ser sentidos ao longo da manhã de hoje.

Segundo a Nota informativa 14/2019 emitida pelo SRPCBA (nota informativa n.º 2 relacionada com o Furacão Lorenzo), o serviço tem estado a acompanhar todas as situações que têm resultado deste fenómeno, bem como todo o Governo Regional e as respetivas entidades com competência em matéria de proteção civil.

O Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores (CIVISA), continua a acompanhar o evoluir da situação.



Fontes


SRPCBA
Diário de Notícias

Informação Relacionada


Imagens Adicionais


Anexos



Notícias Relacionadas


Error in WebPart: A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.Click here to edit the properties of this web part.
Error in WebPart: A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.Click here to edit the properties of this web part.