Iniciar sessão

Navegar para Cima
A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
Não é possível visualizar esta Peça Web. Para resolver o problema, abra esta página Web num editor de HTML compatível com o Microsoft SharePoint Foundation como, por exemplo, o Microsoft SharePoint Designer. Se o problema persistir, contacte o administrador do servidor Web.


ID de Correlação:cfec57db-d507-4ff6-94cd-6fb3bd7b04ab


Açores ► Ciência

 
13-02-2021 09:00
Ponta Delgada
CIVISA disponibiliza Carta de Sismicidade dos Açores de 2020

No âmbito do projeto VOLRISKMACII, financiado pelo Programa de Cooperação INTERREG V-A Espanha-Portugal MAC (Madeira-Açores-Canárias) 2014-2020, o Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores (CIVISA), em colaboração com o Instituto de Investigação em Vulcanologia e Avaliação de Riscos (IVAR), uma unidade orgânica da Universidade dos Açores, publicou a Carta de Sismicidade dos Açores de 2020. Esta publicação surge na sequência do compromisso assumido pelo CIVISA em 2018 de disponibilizar, anualmente, a Carta de Sismicidade dos Açores numa plataforma acessível e de forma gratuita. Para o Presidente da Direção do CIVISA, Rui Marques, com esta ação pretende-se dar a conhecer alguns resultados da monitorização sísmica que é efetuada pelo CIVISA em regime permanente (24/7) e promover uma maior consciencialização em relação aos perigos naturais, por forma a aproximar o conhecimento científico da população, fomentando uma sociedade mais sustentável e cidadãos cientificamente mais cultos.

Para além do mapa de sismicidade anual do arquipélago, esta publicação apresenta os mapas de sismicidade mensal, o mapa com a configuração da Rede de Monitorização Sísmica Permanente do CIVISA, bem como o mapa com as áreas sismogénicas definidas para o arquipélago e as quais são alvo de monitorização. Para além destes elementos, apresenta igualmente as distribuições diária e mensal do número de eventos registados e sentidos e da energia sísmica libertada.

Em 2020, o CIVISA registou 4.599 sismos, dos quais 2.916 obtiveram localização hipocentral e encontram-se projetados na Carta de Sismicidade dos Açores 2020. Para os restantes eventos sísmicos, devido ao facto de serem muito pouco energéticos e não terem sido detetados por um número suficiente de estações, não foi possível obter localização. 

Em termos de distribuição geográfica, a maioria da sismicidade concentrou-se a W do Faial (zona sismogénica SZ37), no setor W da ilha Terceira, associada ao Vulcão de Santa Bárbara (zona sismogénica SZ20) e na zona sismogénica Povoação-Nordeste (SZ08), onde se registaram 890, 427 e 323 eventos, respetivamente. 

O maior número de sismos foi registado ao longo do mês de junho (949 sismos), tendo contribuído para este número a crise sísmica no Vulcão de Santa Bárbara (ilha Terceira), que teve o seu início no dia 6 de abril, e a atividade sísmica que se desenvolveu na zona sismogénica Povoação-Nordeste (ilha de São Miguel). 

Relativamente à sismicidade sentida, esta ocorreu, predominantemente, nos meses de junho e julho, com 14 e 10 eventos, respetivamente, totalizando 58 sismos sentidos em todo o ano. O maior número de sismos sentidos é justificado pela atividade registada nas zonas sismogénicas anteriormente referidas. O sismo mais energético (sentido) ocorreu no dia 1 de junho com ML=4,8 (escala de Richter) e localizou-se na zona sismogénica Fossa da Povoação (SZ03). Este sismo foi sentido com intensidade máxima IV/V (escala de Mercalli Modificada) nas freguesias de Povoação, Ribeira Quente, Furnas, Água Retorta, Faial da Terra e Nossa Senhora dos Remédios (ilha de São Miguel). 

Em 2020, à semelhança do que normalmente se verifica na Região, as zonas sismogénicas com maior número de sismos não são necessariamente aquelas que apresentam maior valor de energia libertada. Na realidade, a zona sismogénica com maior libertação de energia foi a Crista Média Atlântica (SZ39), caracterizada por eventos de magnitude moderada, totalizando um valor energético de 3,93x1018 ergs. As zonas sismogénicas Fossa da Povoação (SZ03), com 3,13x1018 ergs, a Falha GLORIA (SZ01), com 1,62x1018 ergs, a Fossa Hirondelle (SZ15), com 1,39x1018 ergs e a W do Faial (SZ37), com 4,70x1017 ergs, sobressaem igualmente em termos energéticos. A maior libertação de energia na região registou-se no mês de junho, com 3,10x1018 ergs, correspondendo à atividade sísmica registada no setor E da ilha de São Miguel, associada às zonas sismogénicas Povoação-Nordeste (SZ08) e Fossa da Povoação (SZ03).

Comparativamente ao ano de 2019, verificou-se uma diminuição do número de sismos registados e sentidos, bem como da energia total libertada.

 


Fontes


IVAR/CIVISA

Informação Relacionada


Imagens Adicionais


Anexos



Notícias Relacionadas


Error in WebPart: A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.Click here to edit the properties of this web part.
Não é possível visualizar esta Peça Web. Para resolver o problema, abra esta página Web num editor de HTML compatível com o Microsoft SharePoint Foundation como, por exemplo, o Microsoft SharePoint Designer. Se o problema persistir, contacte o administrador do servidor Web.


ID de Correlação:cfec57db-d507-4ff6-94cd-6fb3bd7b04ab
Error in WebPart: A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.Click here to edit the properties of this web part.