Iniciar sessão

Navegar para Cima
A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/publicacoes. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/publicacoes. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
Última hora:



Painéis ► em encontros nacionais

 

Referência Bibliográfica


COSTA, A., CRUZ, J.V., QUEIROZ, G., FREIRE, P. (2007) – Atlas Geoquímico das Águas Minerais dos Açores. VI Congresso Ibérico de Geoquímica e XV Semana de Geoquímica, Vila Real (Poster).

Resumo


A origem vulcânica do arquipélago dos Açores, localizado no Atlântico Norte entre 37º e 40º de latitude N e 24º e 31º de longitude W, explica o elevado número de emergências de água mineral. Estas águas, disseminadas nas ilhas de São Miguel, Terceira, Graciosa, Pico, Faial, São Jorge e Flores, constituem recursos com grande potencial socio-económico para o arquipélago, embora ainda subaproveitados. As emergências descarregam a partir de aquíferos de altitude, ou a partir do sistema aquífero basal, e apresentam uma grande diversidade tipológica e de magnitude de mineralização.

 

Levantamentos de campo efectuados em todas as ilhas permitiram constituir uma base de dados de 101 emergências de água mineral, das quais em 96 pontos foi possível efectuar amostragens visando a realização de análises químicas. Toda esta informação hidrogeoquímica foi tratada estatisticamente, para a determinação dos quartis das distribuições e, com base nestes valores, os dados foram sub-divididos em classes. Posteriormente, procedeu-se à análise espacial mediante a elaboração de cartas temáticas, que constituem um atlas geoquímico das águas minerais dos Açores.

 

Os mapas temáticos foram elaborados com o software ESRI ArcGis 9.1 e são relativos à temperatura de emergência, pH, condutividade eléctrica, CO2 livre, elementos maiores e fácies hidrogeoquímicas, de que se apresentam alguns exemplos no corrente trabalho. Para a temperatura foram ainda projectadas cartas temáticas em que a sub-divisão dos dados assentou na classificação de Schoeller.

Observações


Anexos