Iniciar sessão

Navegar para Cima
A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/publicacoes. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/publicacoes. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
Não é possível visualizar esta Peça Web. Para resolver o problema, abra esta página Web num editor de HTML compatível com o Microsoft SharePoint Foundation como, por exemplo, o Microsoft SharePoint Designer. Se o problema persistir, contacte o administrador do servidor Web.


ID de Correlação:df357b49-95ec-48d4-bd94-7a3af138aa43


Comunicações orais ► em encontros nacionais

 

Referência Bibliográfica


GASPAR, J.L., FERREIRA, T., SIMAS, S., AMARAL, L., PEREIRA, R., QUEIROZ, G., PACHECO, J., ALVES, P. (1998) - Caracterização do campo de desgaseificação difusa da Ribeira Seca (ilha de S. Miguel, Açores): um caso de risco para a saúde pública. "1º Simpósio de Meteorologia e Geofísica da APMG". Algarve, Lagos, Novembro (Comunicação Oral).​

Resumo


Em Abril de 1997 foi detectada uma pequena zona de desgaseificação difusa de CO2, acompanhada por uma anomalia térmica, na freguesia da Ribeira Seca, na ilha de S.Miguel. Os trabalhos de campo efectuados permitiram constatar que a área afectada não excedia cerca de 250 m2, tendo-se obtido concentrações máximas de CO2 no solo da ordem dos 13.5% e temperaturas de 50°C. O desenvolvimento de um programa de monitorização baseado em observações regulares mostrou que a situação se manteve relativamente estacionária durante todo o ano.
 
Na sequência de um alerta dado por alguns residentes da freguesia, em Março de 1998 verificou-se que a área atingida pela anomalia térmica e geoquímica tinha aumentado consideravelmente, abrangendo inclusivamente uma zona residencial. As determinações efectuadas nessa altura ao nível dos solos e no ar atmosférico do interior de algumas casas indicaram claramente a existência de um elevado risco para a saúde pública, facto que obrigou à evacuação definitiva de quatro habitações.
 
No presente trabalho analisam-se os resultados obtidos durante as diferentes campanhas realizadas, discutindo-se a influência de agentes externos e a ocorrência de alguns períodos marcados por uma notória actividade sísmica local.

Observações


Anexos