Iniciar sessão

Navegar para Cima
A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
Última hora:



Mundo ► Fenómenos Naturais

Lago da Cratera do Mount Ruapehu (Foto: in New Zealand Herald)
09-05-2016 11:35
Nova Zelândia
Mount Ruapehu, Nova Zelândia: água do lago da cratera atinge valores históricos

Nos últimos dias, o vulcão Mount Ruapehu tem mostrado indícios de atividade. Com efeito, nos dias 25 e 26 de abril registou-se um incremento na sismicidade de origem vulcânica, com eventos localizados sob o lago da cratera (Crater Lake). No dia 3 de maio verificou-se um declínio da sismicidade, quer na magnitude quer na frequência dos eventos, e a temperatura da água do lago atingiu os 42ºC. Desde então, a temperatura do lago subiu até aos 44ºC, o valor mais elevado alguma vez registado, após a sua formação em 2000.
 
No dia 7 de maio uma equipa do GNS Science realizou um voo para observação da zona da cratera que permitiu detetar intensas emissões de vapor, bem como a formação de bolhas à superfície da água. A rede sísmica continua a registar tremor vulcânico.
 
Segundo os cientistas o aumento da temperatura não significa que uma erupção vulcânica esteja iminente, pois já ocorreram erupções no passado quando a água se encontrava fria. No entanto, e embora o nível de alerta vulcânico continue no mais baixo, nível 1, alertaram para o facto do Mount Ruapehu ser um vulcão ativo.
 
Com cerca de 2800 metros de altitude, o Mount Ruapehu é a montanha mais alta de região de New Island e um dos vulcões mais ativos da Nova Zelândia. A última erupção ocorreu a 25 de setembro de 2007 e provocou a formação de uma coluna eruptiva com cerca de 4 km de altura e duas escoadas de lama (lahars). A erupção foi acompanhada de um sismo que durou 7 minutos. Desde então foram emitidos alguns avisos (2008, 2011, 2012 e o atual), mas sem resultarem em erupções.
 
Entretanto, o vulcão da Ilha Branca continua a mostrar indícios de atividade, após ter ocorrido uma erupção no passado mês de abril. Segundo Brad Scott, vulcanólogo do GNS Science, têm-se registado geysers na cratera, bem como sismos de origem vulcânica.


Fontes


GeoNet, GNS Science
New Zealand Herald

Informação Relacionada


Imagens Adicionais


Anexos



Notícias Relacionadas


Error in WebPart: A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.Click here to edit the properties of this web part.
quinta-feira, 12 de Maio de 2016
Uma equipa de cientistas do GNS Science realizou, no dia 10 de maio, dois voos sobre o vulcão Mount Ruapehu, Nova Zelândia, para medir as emissões de gases e efetuar amostragens da água do lago da cratera, que permitiram confirmar a reativação do sistema vulcânico. Com efeito, detetou-se um incremento de libertação de gases, nomeadamente de dióxido de carbono e de dióxido de enxofre.   No que respeita a atividade sísmica, cont...
Error in WebPart: A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.Click here to edit the properties of this web part.