Iniciar sessão

Navegar para Cima
A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
Última hora:



Mundo ► Fenómenos Naturais

Photo: JONATHAN SHOKRIAN
04-07-2019 16:30
Itália
Erupção repentina no vulcão italiano Stromboli causa uma vítima mortal

Ontem, dia 3 de julho, deu-se no vulcão Stromboli em Itália, uma das maiores erupções registadas nas últimas décadas. As explosões ocorreram às 16:51, 16:54 e às 17:03 (hora local), nas crateras oriental e/ou central, emitindo bombas vulcânicas e produzindo uma coluna de cinzas e gazes a aproximadamente 2 a 3 km de altura. O vulcão Stromboli, forma uma ilha quase sempre em erupção, que pertence ao arquipélago italiano das Ilhas Eólicas ao norte da Sicília. 

A queda do material vulcânico, bombas e lapilli, nas vertentes do vulcão provocaram uma série de incêndios. A queda de cinzas cobriu partes da ilha, particularmente a região oeste. Há relatos do fenómeno ter gerado pânico em algumas vilas mais próximas ao vulcão, principalmente em Ginostra, localizada a menos de 2 km da cratera do vulcão. 

Até ao momento há registo de pelo menos um morto, turista, atingido por uma bomba vulcânica em trajetória, bem como outro ferido.

Estas erupções repentinas são consideradas raras, embora aconteçam, em média, cerca de uma ou duas vezes por ano, no entanto não são totalmente incomuns. O seu caráter repentino, tornam-nas quase impossíveis de prever, representando por isso um risco constante para quem visita a área da cratera.

De acordo com o Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia (INGV) de Itália, poucos momentos antes das explosões, foram observados fluxos de lava em todas as cinco crateras no topo do vulcão, ficando, felizmente, estes confinados à Sciara del Fuocco, zona onde não se encontra ninguém atualmente. 

De acordo com o Volcano Discovery, a maior explosão parece ter removido ou destruído todo ou a maior parte de um cone que havia dominado a área da cratera norte do vulcão. A explosão em si resultou, possivelmente, da rápida ascensão de magma rico em gases, e explodiu à superfície. Imediatamente antes, a sua ascensão impulsionava outra coluna de magma sobreposta, o que explica a emissão de lava observado antes da erupção. É possível que a configuração das crateras se tenham alterado significativamente, provavelmente em tamanho, permitindo assim que o magma alcance a superfície mais facilmente. Com isto, analisa-se se a taxa de extrusão de magma permanecerá elevada no futuro, o que poderá causar fluxos continuados de lava, bem como novas explosões.

O vulcão Stromboli, com cerca de 926 metros de altura, e que forma a ilha ao norte da Sicília, no arquipélago das ilhas Eólicas, é um dos vulcões mais ativos do mundo, conhecido pelas suas explosões normalmente pequenas, mas regulares, com emissão de lava incandescente a partir de várias bocas eruptivas no interior da sua cratera. Este tipo de atividade no vulcão vem acontecendo há pelo menos 2000 anos, desde que há registos escritos da atividade, da qual o seu nome deu origem à chamada atividade estromboliana.

​​


Fontes


Volcano Discovery
Forbes

Informação Relacionada


Imagens Adicionais


Anexos



Notícias Relacionadas


Error in WebPart: A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.Click here to edit the properties of this web part.
sexta-feira, 30 de Agosto de 2019
​Após um ligeiro declínio na atividade vulcânica no Stromboli, esta tornou a intensificar-se na noite passada, após uma nova escoada lávica ter sido formada na cratera NE pelas 21:35 hora local (19:35 hora UTC), canalizada pela depressão Sciara (depressão localizada no flanco norte do vulcão Stromboli delimitada por dois cumes). Por volta das22:43 hora local, deu-se uma forte explosão, caracterizada como a principal, embora ma...
quarta-feira, 28 de Agosto de 2019
​O vulcão italiano Stromboli voltou a exibir uma nova erupção hoje, pelas 12:18 hora local (10:18 hora UTC), emitindo uma coluna eruptiva de gases e cinzas para a atmosfera.  De acordo com o Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia, tratou-se de uma erupção semelhante e ligeiramente mais forte do que a ocorrida em julho passado, a qual tirou a vida a um turista. Para além da coluna de cinzas, a erupção gerou também escoa...
quarta-feira, 31 de Julho de 2019
​O vulcão Stromboli continua em atividade. Num comunicado emitido ontem, dia 30 de julho, o Istituto Nazionale di Vulcanologia informa que, pelas 10:35 UTC (12:35 hora local), uma câmara térmica de vigilância situada à cota de 400 metros no bordo norte da cratera Sciara del Fuoco detetou a emissão de escoadas lávicas de vários centros eruptivos localizados no interior da cratera, quer no setor norte, quer na área centro-sul.  ...
segunda-feira, 21 de Janeiro de 2019
​A atividade no vulcão Stromboli, Itália, continua elevada desde que a Proteção Civil Italiana elevou para amarelo, no início do mês de janeiro, o estado de alerta do vulcão devido ao incremento da atividade. Neste momento o vulcão apresenta atividade a partir de pelo menos seis bocas eruptivas, produzindo explosões estrombolianas intermitentes de pequena a média magnitude. O material incandescente e bombas vulcânicas injetada...
Error in WebPart: A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.Click here to edit the properties of this web part.