Iniciar sessão

Navegar para Cima
A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/publicacoes. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/publicacoes. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
Última hora:



Painéis ► em encontros nacionais

 

Referência Bibliográfica


QUEIROZ, G., COSTA, P.T., GOMES, A., ESCUER, M., SENOS, M.L., MATOS, L. (2007) - Geologia superficial e ruído sísmico na cidade de Ponta Delgada. 5º Simpósio de Metereologia e Geofísica da APMG, Peniche, Portugal, 5 - 8 de Fevereiro (Poster).

Resumo


A cidade de Ponta Delgada localiza-se na ilha de S. Miguel e encontra-se edificada no denominado Complexo Vulcânico da Região dos Picos. Esta região da ilha é marcada pela existência de inúmeras escoadas lávicas e cones de escórias para além de depósitos pomíticos expelidos pelos vulcões centrais das Sete Cidades e do Fogo. Estes últimos encontram-se intercalados e a cobrir grande parte dos materiais vulcânicos gerados na Região dos Picos.

 

Dada a escassez de afloramentos na cidade de Ponta Delgada, em virtude de se tratar de uma zona fortemente urbanizada, os trabalhos de campo incidiram na análise de cortes geológicos efectuados em locais de escavação para fundações de diversas infra-estruturas. Paralelamente incluíram-se dados de campanhas anteriores e analisaram-se os relatórios técnicos de sondagens realizadas pelo Laboratório Regional de Engenharia Civil (LREC).

 

A litologia presente na área de estudo foi agrupada em três conjuntos: (1) cones de escórias; (2) escoadas lávicas; e (3) litologia mista. Foram englobados nos cones de escórias todos os edifícios vulcânicos monogenéticos basálticos presentes na zona de estudo. As áreas em que as escoadas lávicas se encontram aflorantes e/ou em que a espessura do material pomítico sobrejacente é pouco significativa, foram inseridas no segundo grupo. Finalmente, foram consideradas zonas de litologia mista aquelas em que a intercalação de escoadas lávicas e depósitos pomíticos e/ou solos ocorre em proporções semelhantes.

 

Em termos globais verifica-se que a maior parte da cidade de Ponta Delgada está edificada sobre zonas com litologia mista, ocorrendo pontualmente escoadas lávicas de espessuras razoáveis e cones de escórias.

 

Em Julho de 2005 realizou-se uma campanha de medições de vibrações ambientais (ou ruído sísmico) que permitiu identificar a frequência própria das formações superficiais da cidade.

 

No âmbito do projecto COMICO apresenta-se a correlação existente entre as formações geológicas que afloram na cidade de Ponta Delgada e as frequências próprias de vibração determinadas a partir da análise dos registos de ruído sísmico, tendo em conta as principais caracteristicas físicas, dinâmicas, geológicas e geotécnicas dessas formações superficiais.

Observações


Anexos