Iniciar sessão

Navegar para Cima
A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/publicacoes. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/publicacoes. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
Não é possível visualizar esta Peça Web. Para resolver o problema, abra esta página Web num editor de HTML compatível com o Microsoft SharePoint Foundation como, por exemplo, o Microsoft SharePoint Designer. Se o problema persistir, contacte o administrador do servidor Web.


ID de Correlação:ca4f0868-5aa9-4555-9ba0-9f953f76b221


Comunicações orais ► em encontros internacionais

 

Referência Bibliográfica


ALFAMA, V., CABRAL, J., FERREIRA, T., QUEIROZ, G. (2009) - Avaliação dos perigos geológicos nas ilhas do Fogo e da Brava e suas implicações no planeamento de emergência. Iº Encontro Nacional sobre a Investigação e Desenvolvimento, Cidade da Praia, Cabo Verde, 12 a 14 de Novembro (Comunicação Oral).

Resumo


Nos últimos anos tem-se verificado que o impacto dos desastres naturais sobre as sociedades tem sido cada vez mais significativo, provocando não só a perda de vidas e de bens materiais como alterando profundamente os seus rumos de desenvolvimento económico e social. Consequentemente um importante enfoque internacional tem sido dado para a definição de estratégias que permitam mitigar os desastres naturais, entre os quais se incluem os decorrentes da acção de perigos geológicos: sismos, erupções vulcânicas, movimentos de massa e tsunamis.

 

O arquipélago de Cabo Verde, situado no Atlântico Central ao largo da costa da África Ocidental, é formado por dez ilhas de origem vulcânica. Do ponto de vista geodinâmico este arquipélago situa-se num ambiente intraplaca, estável, marcado pela presença de uma pluma mantélica ou de processos mantélicos cuja acção à superfície se manifesta pela actividade sísmica e vulcânica que afecta algumas das ilhas, em particular Fogo, Brava, São Vicente e Santo Antão. Também a localização geográfica do arquipélago torna-o sujeito a precipitações de regime torrencial que podem num só dia ou em poucos dias atingir os totais de precipitação anual, desencadeando numerosos movimentos de massa.

 

A ilha do Fogo é a única para a qual existe registo de vulcanismo histórico (desde finais do séc. XV) sendo as erupções vulcânicas mais recentes as ocorridas em 1951 e 1995. Contudo, outras ilhas (Brava, Santo Antão e S. Vicente) apresentam evidências morfológicas e geológicas que indicam que alguns dos seus sistemas vulcânicos se encontram ainda activos.

 

Fruto de um protocolo de cooperação estabelecido em 2008 entre o Governo da República de Cabo Verde e o Governo Regional dos Açores, enquadrado num conjunto de iniciativas definidas como prioritárias por esses dois governos e tendo por base as particularidades geográficas e geológicas de ambos os arquipélagos, estão em curso dois projectos de investigação em Vulcanologia e Avaliação de Perigos Geológicos para as ilhas da Brava e do Fogo, tendo em vista um maior conhecimento das suas vulnerabilidades aos vários perigos geológicos.

 

Os trabalhos em curso têm por objectivo fazer a avaliação dos perigos geológicos produzindo ferramentas integradas em Sistemas de Informação Geográfica, de forma a permitir que sejam delineadas várias estratégias no âmbito do planeamento de emergência e ordenamento do território, tendo em vista o desenvolvimento sustentado do arquipélago.

Observações


Anexos