Iniciar sessão

Navegar para Cima
A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/publicacoes. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/publicacoes. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
Última hora:



Teses ► Mestrado

 

Referência Bibliográfica


COUTINHO, R. (1990) - Estudo Hidrogeológico do Maciço das Sete Cidades. Dissertação apresentada à Universidade de Lisboa para obtenção do grau de Mestre em Geologia Económica e Aplicada. 134p.​

Resumo


O Maciço das Sete Cidades situa-se no sector ocidental da ilha de São Miguel, no Arquipélago dos Açores. Consiste num estratovulcão, com caldeira, coalescendo com uma zona constituída por numerosos cones estrombolianos e escoadas associadas. O seu ponto mais alto situa-se a 873m (Pico das Éguas).

 

A precipitação média anual na região varia entre 1000 mm, ao nível do mar (Ponta Delgada), e cerca de 2700 mm a 750 metros de altitude.

 

A temperatura média anual em Ponta Delgada é de 17,5ºC.

 

A evapotranspiração real anual varia entre 679-729 mm (c. c. 100-150 mm) na Estação da Nordela e 711-761 mm (c. c. 100-150 mm) na Estação da Fajã de Cima.

 

Foram inventariados 103 nascentes e 3 furos. Efectuaram-se medições de caudal ao longo do ano e, para algumas nascentes, determinaram-se os coeficientes de esgotamento (α) que se situam entre 1,4X10-2 e 10,5X10-3.

 

Foram feitas recolhas de 159 amostras de água para análises físico-químicas. Trata-se essencialmente de águas frias, poucas mineralizadas e, principalmente, bicarbonatadas sódicas. Com base no seu grau de mineralização e nos estados de equilíbrio determinados, foi possível dividi-las em quatro grupos.

 

A partir dos resultados do δ18O e do δD, ensaia-se uma definição das áreas de alimentação dos aquíferos.

Observações


Anexos