Iniciar sessão

Navegar para Cima
A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
Não é possível visualizar esta Peça Web. Para resolver o problema, abra esta página Web num editor de HTML compatível com o Microsoft SharePoint Foundation como, por exemplo, o Microsoft SharePoint Designer. Se o problema persistir, contacte o administrador do servidor Web.


ID de Correlação:efe0cf13-6c30-48bc-ba09-0cde4b2e25cc


Mundo ► Ciência

Foto: NASA/REUTERS
30-09-2015 13:00
 
Sinais de água em Marte

​Investigadores da NASA divulgaram, esta segunda-feira, a presença de água em estado líquido nos desfiladeiros e crateras de Marte durante os meses de verão. 

No estudo publicado na revista Nature Geoscience e em conferência de imprensa, a NASA explica que a descoberta aumenta as probabilidades da existência de alguma forma de vida no planeta vermelho. As observações sugerem que a água aparece sazonalmente, formando linhas escuras nas vertentes íngremes de Marte, contudo ainda não está esclarecida qual a sua fonte, podendo esta vir de gelo existente no interior do planeta, de lençóis de água salgada ou ainda ser o resultado da condensação na atmosfera. Alfred McEwen, um dos responsáveis pela investigação, está mais inclinado para a ideia de que vem da atmosfera, apanhada por sais deliquescentes (absorvem a humidade do ar e depois liquefazem-se), tais como o perclorato e o cloro.

Para já, o mistério do que seriam estas linhas escuras que apareciam e desapareciam de tempos em tempos, e que foram observadas pela primeira vez em 2010 está resolvido.

Curiosity, o robô espacial de seis rodas e do tamanho de um carro, veículo da NASA que se encontra e explorar o planeta, descobriu a existência de todos os elementos necessários para que tenha existido vida ao nível microbiológico no passado.

Os cientistas crêem que as marcas escuras que vemos na superfície do planeta vermelho foram criadas por água salgada. Ainda é uma incógnita o que terá acontecido à sua atmosfera quente e molhada, semelhante à da Terra, a ter dado lugar ao actual deserto seco, que agora é questionado. Segundo Jim Green, investigador da NASA, há mais humidade do que esperavam e apontam que em alguns períodos do ano o planeta não será totalmente seco. Acrescenta, ainda, que num futuro muito próximo a NASA enviará cientistas a Marte.


Fontes


National Geographic
Expresso
BBC

Informação Relacionada


Imagens Adicionais


Anexos



Notícias Relacionadas


Error in WebPart: A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.Click here to edit the properties of this web part.
Não é possível visualizar esta Peça Web. Para resolver o problema, abra esta página Web num editor de HTML compatível com o Microsoft SharePoint Foundation como, por exemplo, o Microsoft SharePoint Designer. Se o problema persistir, contacte o administrador do servidor Web.


ID de Correlação:efe0cf13-6c30-48bc-ba09-0cde4b2e25cc
Error in WebPart: A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.Click here to edit the properties of this web part.