Iniciar sessão

Navegar para Cima
A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.
Não é possível visualizar esta Peça Web. Para resolver o problema, abra esta página Web num editor de HTML compatível com o Microsoft SharePoint Foundation como, por exemplo, o Microsoft SharePoint Designer. Se o problema persistir, contacte o administrador do servidor Web.


ID de Correlação:ef0dc731-839b-4ca0-9fa5-4843d16e9268


Mundo ► Fenómenos Naturais

Imagem aérea dos múltiplos movimentos de vertente na cidade de Arsuma (imagem: CNN)
06-09-2018 12:00
Japão
Sismo de magnitude 6,7 no Japão soterra casas sob movimentos de vertente

​Um sismo de magnitude 6,7 (Richter) atingiu na madrugada do dia 6 de setembro a ilha de Hokkaido no Japão. De acordo com a Japan Meteorological Agency (JMA), o sismo ocorreu às 18:08 hora UTC do dia 5 de setembro (03:08 hora local do dia 6), localizou-se em terra a cerca de 70 km a SE de Sapporo-shi e a 36 km a E de Chitose no Japão, a aproximadamente 40 km de profundidade. Ao sismo principal seguiram-se dezenas de réplicas com magnitude superior a 3,0.

Segundo o Secretário Chefe do Gabinete Japonês, Yoshihide Suga, pelo menos sete pessoas morreram e dezenas continuam desaparecidas.

O sismo causou inúmeros movimentos de vertente ao longo de uma cordilheira na cidade rural de Atsuma, que foi responsável por soterrar um grande número de habitações localizadas na base das montanhas, provocando cerca de 150 feridos. Cerca de 3 milhões pessoas ficaram sem energia elétrica nas suas habitações, tendo ainda afetado a rede de transportes pública.

De acordo com o primeiro-ministro Shinzo Abe, mais de 4 mil soldados foram mobilizados para ajudar nas operações de resgate, podendo esse número vir a aumentar até 25 mil, se necessário. Foram também mobilizadas as equipas de resgate aéreo, os quais já mobilizaram cerca de uma dúzia de pessoas para os abrigos temporários de emergência, instalados em várias cidades ao redor da região.

As réplicas que se têm feito sentir nas horas seguintes ao sismo principal, podem representar um perigo durante a próxima semana, podendo provocar o colapso dos edifícios mais próximos do epicentro. 

Este sismo surge quando o país está ainda a lidar com os efeitos da passagem do tufão Jebi, a tempestade mais forte a atingir o continente japonês em 25 anos, a qual provocou pelo menos 10 mortes. 

A 11 de março de 2011, um sismo de magnitude 9,0, o mais poderoso já registado no Japão, atingiu o oceano ao largo da costa norte da cidade de Sendai, provocando uma série de tsunamis que devastaram uma grande faixa da costa do Pacífico e tiraram a vida a quase 20 mil pessoas.

O Japão localiza-se no denominado Anel do Fogo do Pacífico, onde é frequente a atividade sísmica e vulcânica.


Fontes


JMA
CNN
The Guardian

Informação Relacionada


Imagens Adicionais


Anexos



Notícias Relacionadas


Error in WebPart: A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.Click here to edit the properties of this web part.
Não é possível visualizar esta Peça Web. Para resolver o problema, abra esta página Web num editor de HTML compatível com o Microsoft SharePoint Foundation como, por exemplo, o Microsoft SharePoint Designer. Se o problema persistir, contacte o administrador do servidor Web.


ID de Correlação:ef0dc731-839b-4ca0-9fa5-4843d16e9268
Error in WebPart: A aplicação Web não foi encontrada em http://cvarg.azores.gov.pt/noticias. Verifique se escreveu o URL correctamente. Se o URL tiver de fornecer conteúdo existente, o administrador do sistema poderá ter de adicionar um novo mapeamento do URL do pedido à aplicação de destino.Click here to edit the properties of this web part.